Vinhos da Geórgia

Vinhos da Geórgia

Hoje é dia de vinho e muita história para quem ama o mundo do vinho!

Vamos te levar até a Geórgia, país localizado na região do Cáucaso (entre o Mar Negro e o Mar Cáspio). Os estudiosos afirmam que foi lá onde tudo começou em relação as primeiras vinificações e atividades vinícolas. 

Vamos te contar o que os arqueólogos descobriram por lá, como são os estilos dos vinhos e os métodos ancestrais de vinificação da Geórgia, as regiões vitivinícolas e as principais variedades de uva.

A afirmação de que os vestígios mais antigos de vinificação foram encontrados na região da Geórgia (e também da Armênia), está baseada na descoberta de uma quantidade grande de sementes de uvas em uma só região, há mais de 6.000 anos, o que nos faz acreditar que naquela região já existiam vinhedos.

Além do mais foram achadas também, sementes de uvas dentro de jarras de argila. Esses achados portanto, confirmam que os georgianos nessa época já estavam vinificando. 

Não tem como falar de vinificação na Geórgia sem falar dos kvevris, que são jarras de argila, parecidos com uma ânfora, com um protagonismo muito importante na história do vinho neste país. 

Eles são enterrados no solo e usados tanto para fermentar as uvas como também para envelhecer e conservar os vinhos. 

Na vinificação tradicional georgiana os vinhos são elaborados nos kvevris, com fermentação lenta e maceração (contato com as cascas) prolongada.

Encontramos na Geórgia uma quantidade impressionante de variedades autóctones, entre elas Aleksandrouli, Mujuretuli, Kisi, Chinuri …

As variedades brancas mais usadas são Rkatsiteli e Mtsvane Kakhuri com uma acidez adequada para vinificação em kvevri.

A variedade tinta principal é a Saperavi com taninos intensos e boa acidez (que dá frescura) produzindo vinhos secos e doces, e a Tavkveri com características opostas a Saperavi, bem mais sutil.

As regiões vinícolas da Geórgia são: 

  • Kartli: região mais fria e que produz vinhos mais leves com estilo clássico europeu e também espumantes com qualidade.
  • Kakheti: região vinícola mais importante, com vinhos bem extraídos com bastante taninos, saborosos e aromáticos
  • Racha: poucos vinhedos, porém com variedades de uvas raras
  • Imereti: região com vários  microclimas e solos de diversas composições. Vinhos com intensa acidez e muito carácter. 
  • Costa do Mar Negro (Guria-Samagrelo- Abkhazeti- Adjara): região com vinhedos localizados na costa do Mar Morto com clima bem húmido.
  • Meskheti: região vitivinícola mais alta da Geórgia com altitudes de 900 a 1700 metros.

Atualmente muitos produtores de vinhos naturais no ocidente vem resgatando essa técnica ancestral de vinificação em kvevri na produção, principalmente dos vinhos laranja/âmbar ou orange wines, como são comumente chamados por aqui. 

Bom, como sempre, o aprendizado fica muito mais gostoso quando desfrutamos da prática. Então releia nosso artigo acompanhada(o) de um vinho da Geórgia. 

Bons vinhos 🍷 🇬🇪

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

1 Comentário