Vinhos envelhecidos sobre suas borras ou “sur lie”

Vinhos envelhecidos sobre suas borras ou “sur lie”

Existem várias técnicas enológicas que são usadas para envelhecer ou criar o vinho. 

Uma delas é o envelhecimento “sur lie” ou sobres as borras do vinho.

Vamos te contar como é realizado esse tipo de envelhecimento em alguns vinhos e quais as características que esses vinhos terão. 

Primeiro começamos falando um pouco sobre o que são as borras ou como se diz aqui na Espanha, as “lías”. 

As borras são um aglomerado formado pelas leveduras mortas, polifenóis, bactérias lácticas, ácidos graxos, etc, que se formam e precipitam durante a elaboração dos vinhos.

Além de serem totalmente naturais, essas borras são muito bem vindas quando as técnicas são aplicadas corretamente, pois acrescentam aromas e sabores interessantes e que enriquecem o vinho.

O contato dos vinhos com as borras além de aumentar a untuosidade e a estrutura, aumenta também a densidade dos vinhos.

  • Vinhos brancos: quando em contato com suas borras, se tornam mais complexos e aptos para o envelhecimento, ou seja, são capazes de envelhecerem por um período maior
  • Vinhos jovens: adquirem mais volume e ficam com uma sensação mais redonda em boca. 

Portanto as borras são bem vindas para dar certas características positivas aos vinhos.

Alguns produtores, quando fazem esse trabalho de criar os vinhos sobre as borras, colocam essa informação no rótulo dos vinhos. Então, quando você encontrar os termos “sur lie” (francês), “sobre lías” (espanhol) ou “sobre suas borras” (português) escrito nos rótulos, já sabe o que significa. 

Ahhh!! Mas nem todos colocam essa informação. Portanto, se você quiser beber um vinho desse é bom pedir orientação do sommelier ou o atendente da loja ou do restaurante. 

Bons vinhos 🍷🍷.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!