Garrafa tamanho “Magnum” e envelhecimento do vinho

Garrafa tamanho “Magnum” e envelhecimento do vinho

Hoje vamos falar um pouco sobre a garrafa “magnum” e a importância para o envelhecimento do vinho. 

Já comentamos por aqui sobre os vários tamanhos de garrafas de vinhos que podemos encontrar no mercado, sendo que a mais comum é a garrafa “standard” com capacidade de 750 ml.

O tamanho “magnum” de garrafas de vinho tem capacidade de 1,5 litros, ou seja, duas vezes mais que uma garrafa “standard”. 

Alguns vinhos tem capacidade de guarda e após seu engarrafamento seguem evolucionando, ou seja, vão ocorrendo reações químicas entre os elementos que compõem o vinho, mudando assim seus aromas e sabores, formando o que chamamos de “bouquet”. 

E onde entra a relação entre o tamanho das garrafas e o envelhecimento dos vinhos?

Como sabemos, para que o vinho envelheça com equilíbrio é necessário um ambiente livre de oxigênio (chamamos de envelhecimento anaeróbico). Porém, quando a garrafa de vinho é fechada na vinícola, entre a rolha e o vinho existe uma pequena presença de oxigênio. 

Nas garrafas menores a relação da exposição de oxigênio e o líquido (vinho) é maior. Já nas garrafas “magnum”, temos uma relação entre o vinho e o oxigênio menor, portanto o vinho evolucionará mais lentamente, aguantando assim mais tempo de maneira mais estável. 

Por esse motivo a garrafa “magnum” é mais apreciada para os vinhos de guarda. 

Bons vinhos🍷🍷.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!