O que é o vinho e como classificamos

O que é o vinho e como classificamos

Parece meio óbvio dizer o que é o vinho, pois todos sabem que o vinho é uma bebida alcoólica feita de uva. Porém, tem alguns detalhes importantes e vamos procurar nesse editorial trazer algumas definições para quem está chegando agora e deseja começar a saber mais sobre o mundo dos vinhos.

O que é o vinho?

Vinho é uma bebida obtida pela fermentação alcoólica do mosto de uva fresca. Essa fermentação é realizada pelas leveduras (microorganismos) que transformam o açúcar contido no mosto das uvas em álcool, gás carbônico e calor.

A videira é a planta que produz a uva, e a mais utilizada para a produção de vinho de qualidade pertence ao gênero Vitis, da espécie Vitis vinífera.

O vinho é considerado em muitos países desde a Idade Média, como um alimento, fazendo parte da dieta e associado como uma fonte de elementos importantes ao organismo.

Como classificamos os vinhos?

Existem várias maneiras de classificarmos os tipos de vinho. Podemos classificá-los pelo conteúdo de açúcar, pela idade, pelo método utilizado para sua elaboração, etc.

Classificação geral dos vinhos

Aquí vamos classificar os vinhos de acordo com sua cor e o método de elaboração. Podem ser:

  • Vinhos tranquilos: a elaboração desses vinhos tem muitas características em comum e geralmente seu teor alcoólico varia entre 9% a 14,5% e existem três tipos:

    vinhos brancos: obtidos a partir de uvas brancas (blanc de blanc), e em alguns casos, uvas tintas de polpa não coloreadas (blanc de noir) ;

    vinhos tintos: obtidos a partir de uvas tintas;

    vinhos rosados: obtidos a partir de uvas tintas, sendo que no processo de elaboração se separam parcialmente a casca das uvas. Podem ser feitos também a partir de mesclas de uva branca e tinta.

IMG_0830

  • Vinhos especiais: tem teor alcoólico bem elevado ou sua elaboração é diferente dos outros. Pertencem à esse grupo os vinhos generosos, licorosos, vinhos doces naturais, espumantes.

Classificação dos vinhos por idade

Esta classificação baseia-se no tempo que o vinho envelheceu na vinícola, porém cada denominação de origem tem suas próprias regras.

  • Vinhos jovens: são aqueles que não passaram por envelhecimento em madeira, ou teve uma passagem muito rápida;

  • Vinhos envelhecidos: tem um estágio de envelhecimento em madeira e/ou garrafa.

Classificação pelo conteúdo de açúcar:

Essa classificação se baseia no conteúdo de açúcar residual, ou seja, aquele açúcar que não foi transformado em álcool pelas leveduras durante o processo fermentativo.

  • Para vinhos tranquilos:

    vinhos secos: contém menos de 5 g/l de açúcar

    vinhos semi-secos: contém de 5 a 15 g/l de açúcar

    vinhos meio-doce: contém de 15 a 25 g/l de açúcar

        – vinho doce: contém de 25 a 50 g/l de açúcar

        – vinho licoroso: mais de 50 g/l de açúcar

  • Para vinhos espumosos:

        – brut nature: menos de 3 g/l de açúcar

        – extra brut: entre 0 e 6 g/l de açúcar

        – brut: menos de 12 g/l de açúcar

        – extra dry ou extra seco: entre 12 e 17 g/l de açúcar

        seco: entre 17 e 32 g/l de açúcar

        – demi-sec: entre 32 e 50 g/l de açúcar

        – doux ou doce: superior a 50 g/l de açúcar

E nada melhor para aprender sobre vinhos bebendo e degustando. No Brasil, você encontra bons vinhos dos principais países produtores, em lojas on-line. Separamos algumas para você escolher seus vinhos Clique aqui

Aqui no blog tem artigo toda semana para os iniciantes no mundo do vinho como também para quem já está iniciado no assunto e quer saber com mais profundidade.

Continue acompanhando nossos artigos e assista também nossos vídeos no YouTube

Salud!🍷🍷

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário