Podridão nobre

Podridão nobre

O que será que podridão tem a ver com vinho? E o que tem de nobre nessa história toda?

Pois hoje o assunto é para explicar o que é a Podridão nobre e qual a sua relação com vinhos.

Podridão nobre é o nome que se dá quando um fungo chamado Botrytis cinerea ataca as uvas provocando nelas várias mudanças, dentre elas, uma desidratação no final do período de maduração, fazendo com que a uva concentre muito açúcar, glicerina e mantendo uma boa acidez. Chamamos então essas uvas atacadas por esse fungo de uvas botritizadas. 

Pode parecer ruim que um fungo ataque a uva, não é mesmo?

Porém, o que acontece é que em algumas regiões a Podridão nobre é muito bem vinda e desejada, pois a partir dessas uvas atacadas por esse fungo, é possível se elaborar vinhos licorosos naturalmente doces complexos que tem características muito peculiares.

Isso acontece, por exemplo, nas regiões de Sauternes (França), Tokaj (Hungria), entre outras.

Esses vinhos apresentam aromas e sabores bem exóticos e maravilhosos!

Importante também dizermos que nem sempre que esse fungo ataca as uvas temos o efeito positivo. 

Para que se tenha um efeito positivo desse fungo é preciso algumas condições climáticas favoráveis e específicas, caso contrário vamos ter a podridão cinzenta, colocando em risco a qualidade da uva e consequentemente do vinho. 

Bons vinhos 🍷🍷. 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!