Análise olfativa do vinho

Análise olfativa do vinho

Hoje vamos aprender alguns pontos chaves para começar a analisar os aromas de um vinho.

Vamos falar de forma resumida para que serve a análise olfativa do vinho e como é feita essa análise.

Degustar é fazer a análise sensorial, ou seja, analisar através dos nossos sentidos (visão, olfato e paladar) os estímulos que o vinho nos desperta.

Estímulo – sentido ao cérebro – sensação verbalizada

Degustar é uma questão de prática, quanto mais treinamos mais vamos aumentando a nossa base de dados.

E se você está começando a analisar os vinhos que bebe, não se preocupe pois o degustador iniciante geralmente tem o paladar mais livre de influências.

A análise sensorial do vinho é composta de três fases: a visual, a olfativa e a gustativa, e servem para identificarmos as qualidades do vinho (boas ou ruins).

A degustação é sempre subjetiva e não significa que você tenha que gostar ou não do vinho.

Já temos outro artigo aqui no site onde falamos sobre a primeira fase da degustação, a fase visual. 

Para que serve a análise olfativa

A análise olfativa serve para percebemos os aromas do vinho. Serve também para identificarmos eventuais defeitos que o vinho possa ter. 

Dividimos os aromas que encontramos nos vinhos em: primários, secundários, terciários, além do bouquet (temos artigos aqui no site onde explicamos cada um deles)

Fases da análise olfativa

  • cheirar a taça com vinho em reposo, ou seja sem girar: observamos a intensidade dos aromas, detectando se os aromas são agradáveis ou não.
  • girar a taça e depois cheirar: quando giramos a taça, o vinho entra em contato com o oxigênio fazendo com que seja liberado os compostos aromáticos voláteis. Nessa fase vamos perceber os aromas mais intensos, que podem ser primários, secundários e terciários. 
  • E por fim, descrevemos os aromas que percebemos nos vinho.

Bom, essa foi a segunda fase da degustação de vinhos. Ainda temos a última etapa, a gustativa que abordaremos em próximo artigo.

Para facilitar e aprender a degustar os vinhos, sugiro que você pratique. Não tem outra maneira de aprender a não ser praticando muito. No início parece ser complicado perceber aromas e sabores nos vinhos, porém praticando e estudando, adquirimos essa habilidade. Então mãos na taça !!! 

Abra um vinho e comece a praticar tudo que falamos hoje.

Caso tenha alguma dúvida sobre vinhos é só perguntar. Aqui no blog disponibilizo meu WhatsApp para facilitar a comunicação. É só enviar sua dúvida ou comentário.

Bons vinhos 🍷🍷

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!