Região vinícola de Champagne – França

Região vinícola de Champagne – França

Vamos falar da região que produz o vinho espumante mais famoso do mundo com suas borbulhas charmosas que encantam muita gente.

Que o Champagne é famosíssimo não é novidade, porém hoje vamos te levar para conhecer um pouco da região, do seu clima, do relevo e do solo, pois é por causa do terroir, que temos a tipicidade desses espumantes.

E você pode estar se perguntando: como vou perceber essas influências no vinho?

Então para facilitar, vamos mostrando as características da região e o que você vai perceber nos vinhos.

Toda a tipicidade dos vinhos de Champagne é conseguido por causa:

  • da sua localização: no nordeste da França, numa região de latitude no limite para o cultivo da videira.
  • do clima: apresenta a particularidade de ter influência de dois climas: continental e oceânico. Isso quer dizer que, faz bastante frio, os invernos são rigorosos e tem  pouca radiação solar.  A influência oceânica faz com que a quantidade de chuva seja mais regular e ideal para manter a qualidade das uvas da região.

Os vinhos🥂 : as uvas são bem adaptadas a esse clima e amadurecem mais lentamente, mantendo mais acidez, por isso os Champagnes são vinhos com muita frescura e com uma finura clássica.

  • tipo de solo: é formado por de uma rocha calcária com superfície contendo também calcário, tiza (giz – argila branca, uma virtude de Champagne, pois retém água nas porosidades fazendo com que a planta se esforce para absorver, o que gera equilíbrio), marga (rocha sedimentar composta de calcita e argila).

Os vinhos🥂: esse tipo de solo aporta mineralidade e equilíbrio aos vinhos de Champagne.

  • o relevo: os vinhedos se localizam nas ladeiras aproveitando muito bem a radiação solar e tem uma boa drenagem, que favorece o amadurecimento das uvas.

A classificação dos vinhos de Champagne é feita por cada parcela com características próprias, levando-se em conta a qualidade do solo e consequentemente das uvas produzidas.

Então teremos:

  • Grands Crus
  • Premieres Crus
  • Crus

Dentro de um “Cru” (vinhedo) podemos ter distintas parcelas onde o “vigneron” trabalha elaborando vinho de uma só parcela quando deseja muita tipicidade, ou criando assemblages que se completam.

🍇  As uvas mais cultivadas são: as tintas Pinot Noir e Pinot Meunier e a branca Chardonnay.

Ahhh, e além de ser uma delícia, o Champagne é um vinho super gastronômico. Mas isso é assunto para outro artigo.

Lembramos que temos outro artigo aqui no Blog, falando de como é a elaboração dos vinhos de Champagne, assim como de outros espumantes.

Siga acompanhando para aproveitar todos os nossos artigos sobre o mundo do vinho.

Que aproveitem e bons vinhos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

1 Comentário