Variedade de uva: Cabernet Sauvignon

Variedade de uva: Cabernet Sauvignon

Hoje vamos falar sobre uma das variedades de uva tinta mais famosa e conhecida por esse mundão: a Cabernet Sauvignon.

Você vai saber o motivo pelo qual ela é tão conhecida e também as principais características dos vinhos feitos a partir dela.

Vamos mostrar também como ela se comporta em diferentes regiões, pois isso é bem importante para você entender como o clima, o solo e o aspecto cultural influenciam no carácter do vinho e é por isso que encontramos vinhos da mesma variedade de uva com tipicidades distintas.

Também daremos algumas sugestões de combinações de comida com vinhos de Cabernet Sauvignon.

A Cabernet Sauvignon é bem conhecida de todos pois é uma das cepas mais fáceis de cultivar e se adapta bem em vários tipos de solo, clima e latitudes. Por esse motivo é muito cultivada em várias regiões do mundo, conseguindo manter sua forte personalidade.

O importante é que a Cabernet Sauvignon tenha um completo amadurecimento, caso contrário podem apresentar aromas e sabores muito vegetais.

Sua origem é francesa da região de Médoc (Bordeaux) e surgiu do cruzamento de da variedade tinta Cabernet Franc com a branca Sauvignon Blanc, porém tem estudos que defendem que sua origem guarda uma relação com a cepa chamada Bitúrica.

🍷 Os vinhos de Cabernet Sauvignon de um modo geral:

  • tem coloração intensa;
  • são potentes e bastante encorpados;
  • são adstringentes, ou seja, possui bastante tanino (apresenta as cascas das uvas grossas concentrando bastante esse polifenol);
  • quando jovem: são frutados, florais e herbáceo. Percebemos groselha, pimentão verde, menta;
  • quando envelhecido: são aptos para o envelhecimento, se tornando mais finos com aromas e sabores mais complexos. Com uma passagem adequada por madeira conserva a fruta e adquirem boa textura e aromas de chocolate, tabaco, especiarias, couro, grafite de lápis.

🍷 A Cabernet Sauvignon pode apresentar algumas diferenças de estilos de acordo com o clima em diferentes regiões pelo mundo em que é cultivada:

  • Regiões de clima quente (África do Sul, Califórnia, Austrália, Espanha etc…): os vinhos serão mais frutados (frutas negras), com aromas de pimenta, mais encorpados e taninos mais maduros.
  • Regiões de clima frio (Bordeaux na França, Chile, norte da Itália etc…): os vinhos tem um corpo mais leve, frutas vermelhas e menta.

Sugestões de harmonização:

  • Carne vermelha de vaca ou de cordeiro na brasa.
  • Rabada
  • Ossobuco ao vinho
  • Embutidos
  • Queijos mais gordurosos e mais fortes: Camembert, Emmental, Cheddar
  • Fideuá de foie
  • Massa com molho de trufa ou cogumelos

❇️ Agora que você já tem um monte de informações sobre essa popular variedade de uva es seus vinhos é o momento de colocar em prática.

Hoje a sugestão é que você compare dois Cabernet Sauvignon de climas diferentes (quente e frio) e anote o que for percebendo de diferença. Se quiser pode nos enviar seus comentários ou dúvidas depois que fizer essa prática!

Aproveite,

Salud… e bons vinhos 🍷🍷

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!