Variedade de uva Mencía

Variedade de uva Mencía

Hoje é dia de falarmos sobre a Mencía, uma variedade de uva tinta apaixonante cultivada principalmente na Espanha.

Se você ainda não conhece essa cepa não se preocupe, pois aqui vamos te dar um panorama sobre suas características, onde ela é cultivada e quais são as características dos vinhos feitos a partir dela e também algumas sugestões do que gostamos  comer quando tomamos esses vinhos. 

Quando conhecemos um pouco mais sobre a “matéria prima” (no caso dos vinhos: as uvas) da qual é produzido determinado vinho, fica ainda mais gostoso desfrutar deles.

Fazendo uma viagem no tempo, a Mencía tem sua origem desde a época da dominação romana na Península Ibérica e se tornou um símbolo principalmente nas regiões vitivinícolas do Bierzo (Castilla y León) e Ribeira Sacra (Galicia).

Outras regiões espanholas como Astúrias, Castilla La Mancha e Cantabria também cultivam a Mencía, assim como na região mais ao norte de Portugal, principalmente no Dão, onde essa cepa é chamada de Jaén. 

É uma variedade muita bem adaptada ao clima de montanhas. É uma cepa pouco produtiva, possui cachos de tamanho médio e uvas com as cascas de grossura média e cor azul-violeta. As plantas mais velhas e cultivadas em encostas geram excelentes vinhos. 

Os vinhos feitos a partir da Mencía tem uma grande capacidade de expressar o terroir e são geralmente:

  • Frutado;
  • Com bom corpo;
  • Acidez moderada;
  • Certa sensação de dulçor;
  • Sedoso;
  • Taninos suaves e redondos;
  • Aromas: intensa fruta vermelha e negra maduras, herbáceo, mineral, floral (alcaçuz).

Com a Mencía normalmente se produzem vinhos jovens porém podemos encontrar também vinhos aptos ao envelhecimento. 

Destacamos o trabalho maravilhoso que produtores da região do Bierzo vem desenvolvendo com a Mencía dando a esta cepa o devido valor e respeito. E como consequência, conseguindo vinhos espetaculares. Mas isso é assunto para outro post. 

Harmonização com vinhos Mencía:

Seguem algumas sugestões de harmonização que gostamos: 

  • Polvo à galega;
  • Queijo curados, como o Manchego, Pecorino, Emmenthal;
  • Botillo berciano: uma espécie de linguiça feita com carne de várias partes do porco com a qual podemos preparar vários pratos deliciosos;
  • Risoto de cogumelos;
  • Civet de cordeiro ou javali.

Agora é hora de praticar tomando um Mencía e prestando mais atenção em todas as suas características e quais as sensações que os vinhos dessa variedade despertam em você. Procure provar de regiões e produtores diferentes.

Bons vinhos 🍷🍷.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários