Dicas para sua viagem

Aproveite nosso passo a passo para auxiliar no planejamento da sua viagem.

Para nós do Vinhos e Castelos, uma das coisas mais deliciosas da vida é viajar. Conhecer novas culturas, o modo de vida e os costumes das pessoas em diferentes regiões do mundo.  Isso é muito enriquecedor e acreditamos que viajar contribui para o crescimento individual e ajuda a aprendermos a respeitar as diversidades culturais entre os povos.

Elaboramos para você um exclusivo passo a passo com tudo que você vai precisar para te ajudar a fazer seu planejamento, evitando problemas durante sua viagem.

Definir o destino ou os destinos de uma viagem pode parecer um tafera bem simples ou até meio óbvia. Você pode estar se perguntando porque  esse tema é o número 1 do nosso roteiro já que a primeira coisa que pensamos quando queremos viajar é exatamente para onde vamos.

Pois bem, criamos um passo a passo que vai te ajudar a entender a importância da escolha do destino(s) e algumas dicas que vão fazer com que a sua viagem seja maravilhosa e não uma furada, pois além do sonho da viagem em si, tem o gasto (seja ele qual for) envolvido e o que desejamos é que a experiência seja sempre positiva.

  1. Como escolher seu destino: essa fase de escolher o destino pode parecer bem simples, mas é fundamental para todo seu roteiro. Caso você já tenha certeza de qual(is) o(os) lugar(res) que quer ir, realmente já facilita bastante e você pode passar para o próximo (1.2.)

1.1. Definindo seu destino: você começar escolher através de pesquisas na internet, filmes, guias de viagens, etc. Lembre-se de saber sobre a estação do ano no seu destino. Isso é importante por exemplo, para que você não vá por exemplo, para uma estação de esqui, numa época do ano que não tem neve lá, e você não vai poder aproveitar tudo que a região tem para oferecer. Importante também é saber que tipo de roupa você vai colocar na mala e os documentos que serão necessários (esse item será mais detalhado em um tópico a parte). Se informar um pouco sobre os hábitos dos moradores da região também pode ser bastante útil.

1.2. Cabe no meu bolso? Saber se todos os gastos envolvidos para realizar a sua viagem estão de acordo com que você pressupõe. Independente do estilo de viagem que você vai fazer, sempre é bom ter um controle da parte financeira. Mas adiante disponibilizamos uma planilha onde você vai poder calcular tudo certinho. Outro fator que influencia diretamente no custo da viagem é o período que você vai viajar. Aqui é importante levar  em consideração os termos alta temporada e baixa temporada, muito utilizados no turismo. A alta e baixa temporada varia de país para país, e geralmente coincide com período das férias escolares de cada país. Tem também os feriados prolongados e outras sazonalidades que vão ter impacto no custo das hospedagens e passagens.

  1. Definir se vai ser um único ou se serão vários destinos: procure no Google Maps a localização do(s) destino(s), isso facilita na hora de definir por onde você vai  iniciar e onde será o último destino. Isso pode ajudar por exemplo, a baixar o custo da viagem, como também ajudará a otimizar seu tempo durante o percurso, podendo aproveitar mais cada lugar.
    Outra dica bem bacana, é fazer seu roteiro por dia de viagem, assim você planeja onde e o que irá fazer a cada dia. Não esqueça de contar o tempo gasto com o deslocamento de um lugar para o outro e o tempo médio que você vai gastar nas atividades que programar. Ahh! não seja extremamente rigoroso com o tempo, mantenha sempre uma folga entre as programações, no caso de algum imprevisto.
  1. Motivos da escolha do destino: respondendo às duas questões abaixo, você pode ter ferramentas bastante valiosas para aproveitar ainda mais sua viagem.

3.1. Sempre quis conhecer: nesse caso pressupomos que é um destino no qual você já pesquisou e viu através de imagens. Isso ajuda muito, porém é importante ter o máximo de informações atualizadas, que você pode conseguir através da internet ou guias.

3.2. Foi indicação de alguém: nada melhor que buscar dicas com amigos que já tiveram alguma experiência no local para onde você pretende viajar. Aproveite sempre para pegar dicas atualizadas.

 O próximo tópico é essencial e um dos mais importantes, vamos falar de como calcular seus gastos.

Mas antes de começar a calcular os gastos é bom dar uma atenção na documentação necessária, pois alguns países tem exigências específicas, vá para o próximo tópico.

SIGA PARA O PRÓXIMO TÓPICO

É bom que você preste atenção tanto na documentação básica exigida em todos os países como também aqueles documentos exigidos especificamente em alguns países, como relatamos a seguir:

  • Passaporte: exigido em todos os países e tem que estar dentro da validade. Preste atenção, pois a maioria dos países exigem também que a validade do passaporte esteja com a data superior a 6 meses a partir da data que você entra no país. Para tirar ou renovar seu passaporte, basta acessar o site da Polícia Federal onde você encontrará todas as informações necessárias.
  • Documento de Identidade (RG): países que pertencem ao Mercosul dispensam a exigência do passaporte, e aceitam o RG (não aceita Habilitação ou outro qualquer), porém este tem que ter foto atualizada, bom estado de conservação e sua data de expedição não pode superar 10 anos.
  • Vistos: alguns países exigem visto prévio para a entrada, procure se informar através do site do consulado do país de destino (essa informação geralmente é disponibilizada no site dos Consulados).
  • Cartão de crédito internacional e/ou moeda local em espécie: a maioria dos países pode exigir a comprovação de recursos financeiros suficiente para o período da sua estadia.
  • Comprovante de hospedagem: assim como outros documentos, em alguns países também pode ser exigido o comprovante do local em que você vai se hospedar (lembre de levar o comprovante impresso).

Calculando os gastos

 Essa é a etapa mais importante do planejamento, pois se você definir seus gastos de maneira correta, além de manter um controle financeiro, na maioria das vezes também acaba aproveitando melhor o recurso financeiro que tem para sua viagem.

Disponibilizamos para você a planilha que utilizamos para planejar todos os gastos, item por item, em nossas viagens. Você pode utilizar e/ou ajustar a planilha de acordo com sua necessidade, bem como compartilhar com seus amigos. Clique aqui para baixar a planilha.

SIGA PARA O PRÓXIMO TÓPICO

Indicamos que você faça a compra da sua passagem aérea com uma certa antecedência:

  • Para voos internacionais:

– 30 a 60 dias na baixa temporada

– 60 a 120 dias na alta temporada

  • Para voos nacionais:

– 30 a 90 dias na baixa temporada

– 60 a 90 dias na alta temporada.

Tem explicação lá no bloco Definindo seu destino esclarecendo o que é alta e baixa temporada.

Seguindo nossas dicas você consegue, geralmente, os melhores preços,  porém mantenha-se atento e sempre dê uma olhadinha aqui no blog, consultando nosso parceiro de busca Skyscanner, ou diretamente com as companhias aéreas que temos parceria, e possuem um excelente serviço: Qatar, AirFrance, KLM.

A maioria das viagens ao exterior saindo do Brasil são feitas de avião através das companhias aéreas, no entanto, tem aumentado o número de pessoas optando por cruzeiros marítimos.

Os cruzeiros se tornaram uma opção de viagem cada vez mais procurada por oferecerem algumas vantagens como o conforto da hospedagem, várias opções de entretenimento e poder conhecer vários destinos, dependendo do roteiro que escolher. Geralmente o custo final fica mais barato se comparado com o somatório das passagem aéreas + hospedagem, além de não possuir restrições em relação a bagagens.

SIGA PARA O PRÓXIMO TÓPICO

A maioria dos países exige que você tenha contratado um Seguro Saúde para viagem.

Você pode adquirir o seu seguro saúde com nosso parceiro Segurospromo, que é um rastreador de várias seguradoras onde ele irá te mostrar as melhores condições para seu destino. E nós do Vinhos e Castelos te oferecemos a vantagem do desconto de 5%, bastando informar nosso cupom  VINHOSECASTELOS5, no momento da contratação.

Viajar conectado – Chip internacional para celular

Nossa dica para você se manter sempre conectado durante toda sua viagem, é já sair do país com um chip internacional no seu celular. O bom é que você compra pela internet e recebe na sua casa antes de viajar. É só clicar aqui ChipDeviagem e conferir (existem planos de dados + voz ou somente dados).

SIGA PARA O PRÓXIMO TÓPICO

A hospedagem, assim como as passagens, são muito importantes no planejamento, recomendamos que você defina também com antecedência. A dica inicial é definir o tipo de viagem que você vai fazer, por exemplo, se for uma viagem para descansar e você pretende ficar mais no hotel, seria bom que sua hospedagem fosse mais confortável e que ofereça os serviços que você deseja. Caso seu objetivo seja conhecer vários pontos de interesse sem permanecer muito tempo no hotel, utilizando pouco as instalações, não precisa buscar uma hospedagem com muitas opções de lazer, e sim priorize a localização para facilitar seu deslocamento. 

Sugerimos que você se utilize do Booking para sua procura de hospedagem, pois é uma ferramenta excelente que oferece hotéis e/ou apartamentos para temporada, onde tem os reviews dos estabelecimentos com imagens, os serviços oferecidos, comentários e as avaliações registradas pelos hóspedes que já se hospedaram, tornando mais fácil sua escolha, tendo o melhor custo benefício e que atenda suas expectativas.

Se você prefere fazer viagens tipo “mochilão”, uma opção bem interessante é se hospedar em hostels pois além de oferecerem ótimos preços geralmente tem uma maior interação entre os hóspedes, caso você curta fazer novas amizades durante sua trip. Oferecemos para você a opção do HostelWorld, que é um excelente rastreador exclusivo para hostels.

Clique no link para pesquisar as opções e já dar os primeiros passos no planejamento da sua viagem.

SIGA PARA O PRÓXIMO TÓPICO

Durante a sua viagem pode ser necessário que alguns trechos ou até mesmo a viagem toda, você necessite de alugar um carro para facilitar seu deslocamento. A vantagem em alugar um carro é que com ele você aumentará sua flexibilidade nos deslocamentos e para isso indicamos a Rentcars, onde você pode fazer sua reserva de forma online. Esse site é um rastreador que faz comparação de preços entre as empresas locadoras de veículos e onde você poderá comparar os preços das diárias.

Aconselhamos que alugue o carro também com antecedência, garantindo dessa forma o melhor preço, pois quase sempre é mais barato. Você pagará menos do que se deixar para contratar ao chegar no destino, além de não ter a incidência do IOF (que incide sobre os cartões utilizados no exterior).

Outra coisa muito útil, caso você chegue no seu destino por aeroportos ou portos, seria contratar com antecedência o traslado até a sua hospedagem. Indicamos a Suntransfer que é uma empresa onde você pode reservar um transfer privado ou shuttle partilhado em mais de 400 aeroportos, estações de trem ou portos pelo mundo e sua reserva pode ser feita online, de forma simples e flexível.

Planejando seu dia a dia durante viagem

Essa parte do planejamento além de fundamental, para nós, do Vinhos e Castelos é o mais agradável, pois quando começamos a fazer o roteiro já nos sentimos mais dentro da viagem. Após definirmos o destino começamos a buscar informações sobre ele. A história do lugar, como vivem e quais são os hábitos das pessoas, a cultura, o que você quer conhecer em cada local, etc …

Vamos as dicas de como você pode fazer isso:

  1. Separe sua viagem por dia: a cada dia você já saberá quais os lugares que quer visitar. Calcule aqui o tempo em média que você vai gastar para o deslocamento até os pontos que vai conhecer e qual o meio de transporte que irá usar, veja se os lugares que quer conhecer estarão funcionado nesse dia (museus, parques, teatros, etc) ou se precisa adquirir previamente os tickets para entrada.

  2. Alimentação: também é bacana você saber quanto terá disponível de recursos para alimentação diária (e colocar na planilha de custos, que disponibilizamos no tópico DOCUMENTAÇÃO/CALCULANDO DESPESAS). Uma dica muito valiosa e que usamos sempre é procurar restaurantes, cafés e bares através do Google ou do Tripadvisor. Lá você encontra avaliações, horário de funcionamento e se é necessário reservar. Muito útil e quase sempre assertivo.

  3. Comunicação: outra coisa que aprendemos em nossas viagens é que ela fica muito mais proveitosa quando a comunicação com as pessoas locais não é uma barreira. Ir para um país onde você não consegue se comunicar é bem complicado. Não que isso seja um impedimento para viajar, porém facilita muito se você souber pelo menos se comunicar de maneira básica. Se você está pensando em começar a explorar esse mundão e não quer ter problema para se comunicar, indicamos o que começamos a fazer a algum tempo e o resultado foi muito positivo: o curso de línguas. Se você deseja começar um curso online click aqui e confira.
    SIGA PARA O PRÓXIMO TÓPICO

Esse tópico vai te ajudar a preparar suas malas de forma organizada. Você pode ir seguindo os itens para não esquecer de nenhum detalhe.

  1. Tipo de bagagem: aqui você tem que primeiramente levar em conta se durante a viagem você vai utilizar alguma companhia aérea, cruzeiro marítimo ou algum outro transporte que restrinja o tipo, tamanho, quantidade ou peso das bagagens. Necessitando substituir e/ou adquirir malas novas, a Sestini possui ótimas opções. 
  2. Identificação e lacre da bagagem: apesar da maioria companhias oferecerem segurança é de conhecimento de todos que as vezes acontecem alguns inconveniente com as bagagens durante o transporte, então nós achamos melhor e mais seguro que você identifique suas bagagens com informações básicas, como seu nome, telefone (não esqueça de colocar o código do país) e e-mail. Em relação ao lacre, pode ser um cadeado ou tem também a opção oferecida nos aeroportos de embalar as bagagens.

  3. Peso e quantidade da bagagem: outro fator importante para que você não tenha uma surpresa e um gasto extra desnecessário, é prestar atenção a quantidade e o peso da sua bagagem, pois as companhias aéreas têm restrições quanto a esses dois itens. Verifique antes qual é o limite (peso e dimensões) com a companhia aérea que você contratou. Os cruzeiros marítimos “a priori” não impõe restrição quanto a bagagem, mas sempre é bom conferir antes de fazer suas malas. Outra dica é definir se durante sua viagem você vai alugar um carro, para saber se o tipo de veículo acomoda suas bagagens.

  4. Tipo de roupas: outra coisa importante na hora de arrumar sua mala é saber que tipo de roupa e calçado você vai precisar usar durante sua viagem. Primeiro procure saber o tipo de clima predominante no seu destino, qual a estação do ano e como é a temperatura média. Por exemplo: se você está indo para uma região de praia no verão, onde a temperatura estará mais elevada, não vai precisar de levar casacos ou roupas mais pesadas. Porém é conveniente que leve pelo menos uma ou duas peças mais quentinhas. Procure levar roupas mais básicas e práticas de compor vários looks diferentes durante sua viagem. Outro detalhe útil é procurar levar calçados confortáveis e evite colocar em sua bagagem calçados que acabou de comprar e nunca usou, pois você não sabe como eles vão se “comportar” em seus pés durante seus passeios.

Caso você precise comprar roupas apropriadas ou equipamentos esportivos para uma viagem específica, por exemplo, roupas para lugares com neve, ou se  você vai praticar algum tipo de esporte ou vai acampar,  acesse por aqui a loja online da Decathlon, que é uma loja referência e de excelência nesse setor.

  1. Na nécessaire, procure colocar produtos de beleza e higiene pessoal que realmente você vai precisar e costuma usar no seu dia-a-dia e não esqueça do protetor solar, importante em qualquer estação do ano.

Lembre-se de levar uma capa de chuva e medicamentos que você utiliza, como também saber o que é permitido incluir na bagagem de mão, pois alguns objetos cortantes e líquidos possuem restrições (consulte a companhia aérea).

  1. Otimização do espaço nas malas: fazer as malas de maneira organizada é fundamental para você poder levar tudo o que precisa. Vamos dar algumas dicas:

– primeiro separe as roupas fora da mala, pois assim você já vai pode ter uma ideia se a quantidade de roupas, sapatos, etc poderão ser acomodadas nos seu tipo de mala;

– coloque primeiro as peças mais pesadas e mais abertas possível no fundo da mala, depois dobre as outras roupas em “rolinhos”, isso mesmo, enrole as peças de roupas, isso ajuda muito a otimizar o espaço. Só cuidado para não ir colocando muita coisa e o peso da mala fique superior ao permitido.

– existem também saquinhos a vácuo (você pode encontrar na Amazon) que você também pode utilizar para acomodar suas roupas e garantir mais espaço nas malas, com a vantagem de poder usá-los depois para guardar as roupas sujas. Porém essa opção fica um pouco mais cara que fazer “rolinhos” com as roupas.

– uma outra dica que sempre fazemos é levar uma mala, tipo sacola, dobradinha dentro da bagagem principal, caso você for comprar alguma coisa durante sua viagem e não ter despesa extra com isso durante sua viagem.

– coloque os sapatos dentro de sacos e acomode nas laterais da mala, aproveitando pequenos espaços. Lembre-se de colocar as meias dentro dos sapatos.

Equipamentos fotográficos: não esqueça de levar também em sua viagem os equipamentos fotográficos para que você possa registrar e eternizar seus momentos de lazer. É tão delicioso guardarmos esses registros para que possamos recordá-los e servir de inspiração para outras viagens. Se você está precisando comprar equipamentos novos ou fazer um upgrade, sugerimos a Amazon como uma excelente opção para encontrar tudo que você necessita

BOA VIAGEM

Para uma melhor experiência, utilize esta página via Computador ou Tablet