Variedade de uva Semillón

Variedade de uva Semillón

A Semillón é uma variedade de uva branca não muito popular e até um pouco subestimada, mas que tem seus encantos e como você poderá ver a seguir, é muito versátil em relação aos estilos de vinhos que podem ser produzidos a partir delas.

Vamos falar do seu local de origem, onde são as regiões que podemos encontrá-la por esse mundão e a características dos vinhos feitos a partir dela.

A Semillón tem sua origem na França na região de Bordeaux.

É uma cepa que adora uma região de clima mais frio. Ela possui a casca dourada mais fina e isso faz com que a Semillón não seja uma variedade muito apropriada para climas muito quentes e com muita insolação. 

Com a Semillón são elaborados vinhos:

  • Secos tranquilos: esses vinhos possuem baixa acidez e corpo médio. Quando jovem tem aromas mais herbáceo e mineral. Se tiverem passagem por madeira, adquirem aromas de mel, figo, pão torrado e são mais densos, oleosos e que podem envelhecer, como por exemplo os Semillón das regiões bordalesas de Graves e Pessac-Lëognan. 
  • Doces: alguns exemplos são os famosos vinhos botritizados (Podridão nobre) das regiões de Sauternes e Barsac (ambas em Bordeuax) e alguns da Nova Zelândia. 

Na França é muito comum encontrarmos a Semillón em cortes junto com a Sauvignon Blanc e Muscadelle.

Já na Austrália (principalmente em Hunter Valley) a Semillón aparece como vinho varietal (feito só a partir de uma cepa, ou seja, sem mesclas) com um toque mineral, para ser consumido jovem e alguns para serem guardados com “um pouco mais de paciência”. 

Na região de Walla Walla (Washigton) também estão produzindo varietais de Semillón interessantes.

Além da França, Austrália e EUA, encontramos a Semillón também na Argentina, Chile, África do Sul, Nova Zelândia, etc.

Para praticar com a Semillón, busque dois rótulos varietais, um jovem e outro envelhecido e compare seus aromas e como reagem na sua boca, percebendo a textura, o corpo e a acidez. 

Fazendo esses exercícios você vai aprender cada dia mais. 

E não esquece de ir anotando tudo no seu caderno de vinhos (como já sugerimos por aqui em outro artigo).

Bons vinhos 🍷🍷.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

2 Comentários