Variedade de uva: Syrah

Variedade de uva: Syrah

Conhecer as variedades de uvas e sua origem é um passo importante para quem quer entender mais sobre o mundo do vinho.

🍇 Como os vinhos nascem a partir delas é fundamental sabermos quais são as características que cada variedade vai passar para o vinho, isso é o que chamamos de carácter varietal.

🍇 Além das características de cada variedade é importante sabermos que os vinhos elaborados a partir da mesma uva, em lugares diferentes, terão também características diferentes.

Então hoje é dia de falarmos sobre a cepa tinta Syrah (ou Shiraz). Você vai saber onde ela é cultivada, um pouco da sua história, como são os vinhos de uma maneira geral e suas características em algumas regiões específicas.

🍇 A Syrah apresenta cachos de tamanho médio, com uvas de casca grossa (com bastante tanino) e que madura mais precocemente.

Ela é cultivada em várias regiões do mundo com destaque para:

  • o norte do Vale do Rhône (Hermitage, Côte Rôtie,…)
  • em Chateauneuf-du-Pape, fazendo parte do corte clássico GSM (Grenache/Syrah/Mourvèdre)
  • Austrália
  • Califórnia (Napa Valley)
  • Espanha
  • Argentina
  • África do Sul
  • Chile

🍇 No geral os vinhos de Syrah apresentam:

  • Cor: escura e intensa
  • Aromas: fruta madura, tabaco, pimenta preta, chocolate,…
  • Sabores: muito corpo, tânico, acidez alta e podem envelhecer muito bem.

✅  Prestar atenção:

  • Em regiões um pouco mais frias, como no norte do Rhône (França), os vinhos de Syrah tem uma coloração intensa, são bem tânicos, secos, mais rústicos e mineral (menos fruta e mais especiarias, tabaco, couro)
  • Já em regiões mais quentes (por exemplo, a Austrália) teremos um vinho encorpado, viscoso, tânico, mais fruta e com mais dulçor.

A origem da Syrah não está totalmente clara. Alguns autores dizem que sua origem é a cidade persa de Shiraz e foi introduzida no Mediterrâneo por navegantes gregos. Outros defendem que ela teve origem na cidade siciliana de Siracusa. E ainda há quem considera que sua origem seja francesa, no Vale do Rhône.

❇️ Agora que você já sabe um pouco mais sobre a Syrah, faça um exercício de comparação bebendo vinhos de regiões diferentes e prestando atenção nas diferenças entre eles. Se puder, vai anotando tudo. Isso te ajudará a desenvolver percepções sensoriais em relação aos vinhos.

Seguem outros artigos que vão te ajudar a saber ainda mais sobre a Syrah:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!