Variedade de uva: Tempranillo

Variedade de uva: Tempranillo

Hoje vamos falar um pouco sobre essa variedade de uva tinta muito conhecida pelo seu caráter ibérico. 

🍇 O interessante em conhecer cada tipo de cepa é poder se familiarizar mais com os aromas e sabores próprios de cada variedade, já que a uva é a matéria prima do vinho. 

🍇. Conhecendo o tipo de uva você já terá uma idéia do tipo de vinho que vai encontrar dentro da garrafa quando for comprar seus vinhos.

Vamos te contar a origem da Tempranillo, assim como suas principais características e como são os vinhos feitos a partir dela.

Ahh!! E no final desse artigo tem um exercício bem bacana se você está disposto e quer mesmo aprender cada vez mais sobre o envolvente mundo do vinho. 

Quando dizemos que a Tempranillo é uma cepa ibérica é devido a sua origem espanhola, no vale do rio Ebro entre as regiões de La Rioja e Navarra, sendo um ícone da Denominação de Origem Rioja. 

Dentro da própria Espanha ela é também chamada de Tinto Fino, Tinta del País, Tinta de Toro, Cencibel, Ull de Lebre, Arganda, entre outros.

Em Portugal é conhecida como Tinto Roriz e Aragonês.

Quando nos referimos a Tempranillo já quase automaticamente fazemos associação aos vinhos espanhóis e através da Tempranillo algumas zonas vitivinícolas espanhola como Rioja e Ribera del Duero se tornaram muito conhecidas internacionalmente ainda que essa variedade seja cultivada por quase toda Espanha.

Alguns dos vinhos mais emblemáticos da Espanha são elaborados a partir da Tempranillo (ex.: Vega Sicilia, Pingus, Pesquera, dentre outros …). 

A Tempranillo é uma variedade de uva que amadurece cedo (daí seu nome) e precisa de dias quentes e temperaturas mais amenas durante a noite, além de se dar muito bem em vinhedos de altitude elevada. 

Sua casca é grossa concentrando uma quantidade grande de polifenóis como os taninos e antocianos. 

Os vinhos elaborados a partir da Tempranillo geralmente são:

  • Encorpados
  • Intensos
  • Tânicos
  • Boa acidez 
  • Cor intensa
  • Aromas: frutas vermelhas maduras. Vinhos jovens mais frescos e com toques herbáceos.
  • Boa capacidade para envelhecimento e se passa por barricas de carvalho pode adquirir notas de baunilha, coco, especiarias e tabaco. 

Agora que você já tem todas essas informações sobre a Tempranillo pode fazer um exercício que te ajudará muito a entender como o “terroir” influencia nos vinhos. 

Busque vinhos varietais Tempranillos (feitos só a partir só dessa variedade) de regiões distintas e compare as diferenças dos aromas e sabores. Não esqueça de ir anotando tudo. 

Isso é ótimo para você reconhecer as diferenças entre os vinhos feitos em regiões distintas mesmo que sejam da mesma variedade de uva. 

Caso tenha alguma dúvida ou queira compartilhar suas descobertas, teremos o maior prazer em ouvir você. Pode nos enviar um WhatsApp ou e-mail.

Bons vinhos 🍷🍷

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!