Variedade de uva: Gamay e sua leveza

Variedade de uva: Gamay e sua leveza

Opaa!! Hoje tem variedade de uva que muitos ainda não conhecem ou a deixam um pouco de lado, mas que guarda uma delicadeza e que tem nos revelado vinhos que chegam bem sutis e que acabaram se tornando nossos queridinhos, aqui no Vinhos e Castelos. 

Quando ouvimos sobre a cepa Gamay já quase que automaticamente nos vem a mente (e ao paladar) os vinhos Beaujolais bem leves e refrescantes. 

A Gamay é uma variedade de uva tinta com origem na Borgogna (França) e alguns acreditam ser procedente do cruzamento da Pinot Noir com a Gouais Blanc.

É uma variedade que tem casca grossa, maduração precoce e muito vigor.

Os vinhos elaborados a partir de Gamay costumam:

  • Ter boa acidez, que tornam esses vinhos bastante frescos.
  • Ser vinhos jovens e com poucos taninos. 
  • Geralmente ter corpo muito leve, porém podemos encontrar rótulos um pouco mais encorpados
  • não são vinhos muito aromáticos 
  • São elaborados predominantemente através de maceração carbônica

A Gamay é muito cultivada na França, na região do Beaujolais e no Vale do Loire.

Porém, encontramos a Gamay nos EUA, Brasil, África do Sul, etc.

  • Beaujolais: a Gamay é a variedade de uva base para a elaboração de vinhos na região de Beaujolais. Esses vinhos são feitos para serem consumidos jovens. O Beaujolais Nouveau (temos um artigo aqui no Blog falando só desse tipo de vinho) seria um vinho com uma versão ainda mais “recém-nascida”.

      Tem também o Beaujolais-Villages, que são feitos a partir da Gamay, porém com mais estrutura e são mais suculentos. 

      Encontramos alguns rótulos da Gamay de “terrois” espetaculares na região. Os “Crus Beaujolais” tem identidade própria, com um carácter que não nos deixa indiferentes, como por exemplo, Morgon (em especial de Côte du Py – são espetaculares), Côte de Brouilly, Fleurie, Moulin à Vent, etc…

  • Vale do Loire: em Sancerre e Cheverny se produz vinhos rosés a partir da Gamay e vinhos tintos coupage com a Pinot Noir. 

Se você não está acostumado(a) a beber vinhos tintos ou prefere os tintos mais sutis e leves, a Gamay seria uma das variedades tintas que recomendaríamos. 

Mesmo para quem já curte os vinhos tintos mais encorpados, se “jogue” em novas experiências, pois há muitos estilos de vinhos bem interessantes esperando por você para serem desfrutados e que podem te surpreender.

Bons vinhos 🍷🍷

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!