Vinhos do Oregon (EUA)

Vinhos do Oregon (EUA)

Hoje nossa viagem vai ser para Oregon, estado que fica ao norte da Califórnia, no noroeste dos EUA.

Vamos falar sobre a viticultura daquela região e o que está rolando por lá em relação aos vinhos e ao modo de produção. 

É verdade que a viticultura na região tem se industrializado bastante porém encontramos muitos produtores artesanais que praticam uma viticultura ecológica, cultivando vinhedos pequenos de uma maneira bem pessoal, o que nós aqui do Vinhos e Castelos adoramos, pois acreditamos que vinhos feitos a partir de uvas de uma agricultura mais preocupada com o meio ambiente e sem um montão de aditivos, tanto no vinhedo quanto na elaboração dos vinhos, é realmente o futuro a nível enológico para onde estamos caminhando, porém, na verdade a passos curtos. 

Acreditamos que há uma consciência cada vez maior dos produtos que consumimos e já tem muita gente ligada na necessidade de se evitar tanto “veneno” goela abaixo. 

O clima na região do Oregon apresenta temperaturas moderadas, com mais chuvas e  influência marítima diminuída, devido a presença da Cordilheira Litoral, sendo que no sul do Oregon o clima é mais quente e seco. Encontramos também microclimas dependendo da região. Esse clima mais ameno com boa exposição solar durante o dia e com noites mais frescas, permite que as uvas amadureçam bem, porém mantendo acidez, que dará frescor aos vinhos. 

O solo é bem variado contendo sedimentos marinhos, basalto vulcânico, argila, cascalho, granito.

Nos EUA as regiões vitivinícolas são chamadas AVA (Área Vitivinícola Americana) e no Oregon encontramos as seguintes AVAs:

  • Willamette Valley: é o coração vitivinícola do Oregon
  • Walla Walla Valley: com destaque para os vinhos de Syrah bem frutados e equilibrados 
  • Red Hill Douglas County
  • Columbia Valley
  • Umpqua Valley
  • Elkton Oregon
  • Entre outras…

As variedades de uvas mais cultivadas são:

  • Pinot Noir: com vinhos mais rústicos, com acidez mais alta, frescos e toques terrosos
  • Syrah: intensos com textura quase mastigável, com aromas de frutas e especiarias.
  • Cabernet Sauvignon: estruturado, encorpado, rico em taninos e aromáticos.  
  • Merlot: aromas e sabores ligeiramente herbáceos com baixa acidez e mais amplo em boca
  • Pinot Gris: vinhos expressivos, com toques cítricos, redondos e com corpo.
  • Chardonnay: podem ser cremosos ou mais frescos com aromas e sabores de frutas tropicais. 
  • Riesling: vinhos com potentes aromas florais e frutas como maçã e pêssego e com acidez média. 

Bora lá colocar o aprendizado sobre essa região em prática. Então é hora de beber vinho do Oregon. Busque vinhos de variedades diferentes e vai anotando tudo que você consegue perceber nos vinhos. Praticando bastante você vai começar a aprender a reconhecer como as variedades de uvas se comportam em regiões diferentes. 

Bons vinhos 🍷🍷. 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!