Região vitivinícola: Sudoeste da França

Região vitivinícola: Sudoeste da França

Hoje nossa viagem é para França, especificamente para a região sudeste. 

Vamos falar sobre as AOCs (denominações de origem, na França) dessa zona, das variedades de uvas cultivadas, além dos estilos de vinhos elaborados. 

A região está localizada entre o sul de Bordeaux e a cordilheira dos Pirineus Orientais, na divisa com a Espanha.

Até a metade do século XX, a região esteve muito tempo dependente da zona de Bordeaux, porém depois da recuperação da Phylloxera, várias AOCs se desenvolveram na região.

As variedades de uvas cultivadas também eram as mesmas de Bordeaux: Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc, Malbec,…

Nas zonas mais próximas de Bordeaux, ainda se produz vinhos com estilo muito similares aos   vinhos bordaleses, inclusive com as mesmas cepas.

Já en las zonas mais próximas dos Pirineus se elaboram vinhos com cepas autóctones como a Petit Manseng e Gros Manseng, entre outras.

Logo após a emancipação da região, com o cultivo de outras variedades, obtiveram um estilo próprio de vinhos, principalmente os vinhos brancos como mostraremos a seguir.

Clima e solo

Os solos, assim como o clima são muito variados. É mais quente que Bordeaux e sofre influência do Atlântico, com uma paisagem cheia de colinas. 

Os rios Garonne, Dordogne, Tarn e Lot que cruzam a região são responsáveis por solos aluviais com argila, areia e cascalho. 

Variedades de uvas e Denominações de Origem (AOCs, na França)

A riqueza da região está na diversidade entre as uvas de Bordeaux a as variedades autóctones. 

Geralmente e de uma forma resumida, encontramos os seguintes estilos de vinhos:

  • Brancos tranquilos e espumantes secos e leves: em Gaillac
  • Brancos ricos e suaves: em Montbazillac e Jurançon 
  • Tintos finos: em Bergerac
  • Tintos sólidos: em Madiran e Cahors

AOCs do Sudoeste

Zona de Bergerac

Região muito próxima de Bordeaux com clima muito parecido, ou seja, invernos suaves e chuvas moderadas.

Em Bergerac, além da AOC Bergerac temos outras denominações individuais.

AOC Bergerac:

  • vinhos mais rústicos comparados aos Bordeaux mais básicos.
  • vinhos brancos fortes com Sauvignon Blanc e Semillon.

Outras denominações individuais da zona de Bergerac: 

AOC Monbazillac:

AOC Saussignac:

  • mesmas cepas da vizinha Monbazillac, porém menos importante

AOC Rosette: 

  • Vinhos brancos delicados secos e doces

AOC Pécharmant: 

  • vinhos tintos elaborados em carvalho

 AOC Montravel: 

 

AOC Cahors

En Cahors se produz um dos melhores vinhos tintos do Sudoeste feitos principalmente de Malbec (chamada Côt), as vezes em corte com Cabernet Sauvignon e Cabernet Franc, tendo como resultado vinho tânico, vigoroso e rústico.

 

AOC Gaillac (próximo da cidade de Toulouse)

  • Vinhos tintos, rosés, brancos secos e doces ou espumantes.
  • Principais uvas tintas: Syrah, Gamay e Fer Servandou
  • Principais uvas brancas: Len l’El, Muscadelle, Mauzac, Sauvignon Blanc

 

Zona de Pirineus

Aqui encontramos as duas jóias do sudoeste da França, as denominações Madiran e Jurançon.

AOC Madiran:

  • Próximo da cidade de Pau
  • A principal uva é a Tannat com seus vinhos fortes, vigorosos y tânicos. As vezes, em corte com Cabernet e Fer Servandou
  • Bons produtores fazem vinhos admiráveis e que podem envelhecer

AOC Jurançon:

  • Um dos vinhos brancos mais diferentes da França
  • Principais uvas: Petit Manseng, Gros Manseg y Courbu
  • Vinhos secos e doces (podridão nobre)

AOC Pacherenc-du-Vic-Bilh: (muito próximo de Madiran)

  • Vinhos brancos frutados, florais com boa acidez
  • Uvas brancas: Arrufiac (Ruffiac), Petit Manseng, Gros Manseng, Courbu

AOC Irouléguy:

  • Uma denominação de origem muito pequena 
  • Vinhos firmes e refrescantes
  • Uvas tintas: Tannat, Cabernet Sauvignon
  • Uvas brancas: as duas Manseng 

AOC Béarn y Bellocq:

Zona de L’Agenais (sul de Bergerac)

AOC Côtes Duras 

  • Vinhos de corte bordalês 

AOC Marmandais

  • Destaque para uva tinta Abourion: fazem assemblage com uvas bordelesas porém diferenciados pela presença dessa variedade de uva.

AOC Buzet 

  • Vinhos brancos e tintos bem leves (como os claretes)

Zona de Fronton (norte da cidade de Toulouse e oeste de Gaillac)

AOC Côtes-du-Frontannais:

  • Vinhos rústicos e pesados feitos com as variedades tintas Fer Servandou e Négrette

Zona de Averyon – Quercy – Marcillac (nordeste de Gaillac)

AOC Marcillac: 

  • Uva Fer Servandou: vinhos leves com notas de pimenta e especiarias

Agora é o momento de praticar. Procure vinhos dessa região francesa, beba prestando atenção aos aspectos visuais, aromas e sabores, ou seja, nas características organolépticas dos vinhos. Anote todas as sensações. Dessa forma aprenderá a reconhecer os vinhos  e compreenderá as diferenças entre as variedades de uvas e regiões.

Salud 🍷🍷

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!